Gestão de Competências (Resultados & Recompensas)

 

O nosso modelo estrutural de Gestão de Competências envolvem áreas de planejamento estratégico em recursos humanos, recompensas (fixas e variáveis), avaliações da qualidade humano e avaliações de ambientes de trabalho para confrontarmos com os resultados alcançados pelos colaboradores no ambiente empresarial. “ O sucesso das empresas, na sua maioria, está na condução dos ativos intangíveis e por isso devemos acreditar na capacidade das pessoas. Nos dias de hoje, não basta saber e saber fazer é preciso querer fazer e bem feito, trabalhando motivado. Desenvolvimento e recomendação de políticas de remuneração mais abrangentes, que possam atrair e fixar os talentosos nas empresas. Desenvolvimento de Plano de Cargos e Salários em Carreira, baseado em Competências e Habilidades para melhor aderência da remuneração fixa e que constituirá numa evolução na relação com os empregados, privilegiando o espírito empreendedor de cada um. Adoção de metodologia de avaliação de cargos mais convenientes e adequados pelos Sistemas de Pontos, Escalonamento e Ranking e se, eventualmente, outros sistemas existentes no mercado. A remuneração fixa poderá ser administrada também por segmento de negócio/área:

  • Plano de Cargos e Salários (Sistemas Tradicionais)
  • Remuneração e Carreira por Competências
  • Remuneração e Carreira por Habilidades
  • Benefícios personalizados/lineares

Know-how no desenvolvimento de diversas pesquisas: salariais, benefícios e promoção à saúde.

Desenvolvimento de Programas de Participação nos Lucros e/ou Resultados de acordo com os preceitos legais (PLR), vinculados ao pensamento estratégico e ao negócio da organização com metas descritas, performances desejadas , prazos e outros critérios bem definidos. A remuneração variável é um dos pilares mais importantes na gestão de recursos humanos. O programa poderá ser desenvolvido baseado das seguintes etapas e parametrizações, conforme seguem abaixo:

  • Conexão dos pontos estratégicos ao plano operacional;
  • Formação de Comitê do Projeto;
  • Conceitos de Metas;
  • Métrica de medição de performances das metas;
  • Instrumentos de aferição das metas;
  • Simulações de custos teóricos;
  • Definição da massa de valores a serem distribuídos ao programa;
  • Forma de cálculo dos bônus;
  • Correlacionar a pontuação dos conceitos;
  • Definição da periodicidade de avaliação / pagamento;
  • Definição das cadeias de avaliações e resultados (individual, por equipe, por área, por diretoria);
  • Critérios e flexibilidade aos conceitos estabelecidos;

Outros programas de remuneração variável poderão ser desenvolvidos e conectados ao principal, tais como:

  • Programa de incentivos/bônus
  • Remuneração variável para equipes de vendas
  • Remuneração executiva

Desenvolvimento de estudos relacionados aos benefícios diretos/variáveis e seus impactos, buscando soluções diferenciadas que visam minimizar os custos fixos.