Um dos grandes desafios que as empresas possuem hoje é continuarem atraentes para seus funcionários. Nesse aspecto, a questão salarial nunca esteve tão em foco. É grande a movimentação de profissionais da área de recursos humanos e remuneração no sentido de estabelecer políticas justas de recompensas e capazes de firmar uma relação de Ganha x Ganha entre empresa e empregado.

Um dos modelos que vem sendo mais trabalhado é a remuneração por competências e habilidades. Ela gera interessantes resultados que impactam significativamente em fatores como:

  • Administração das competências;
  • Redução significativa do número de cargos;
  • Diferenciação salarial dos ocupantes do mesmo cargo;
  • Diminuição da folha nominal salarial em médio prazo;
  • Mensuração quantitativa com seus salários acima ou abaixo de suas qualificações.

Nesse caso, o salário passa a ser uma conquista, fruto de análises efetivas de desempenho de cada funcionário de uma empresa. Como consequência, consegue-se estabelecer profissionais que dão uma entrega maior recebendo mais. Em contrapartida, as entregas passam a ser reduzidas de resultados por parte do colaborador, limitam seu crescimento.

É preciso que o profissional seja capaz de entender que salário provém de “entrega” e aqui, por entrega, vamos entender o quanto ele é capaz de dar resultados para a empresa, agregando valor ao que faz. Foi-se o tempo em que se remunerava o cargo! Dessa forma, independente de qual entrega o profissional proporcionava, seu salário não mudaria.

Naturalmente, performance melhor é um lado da questão salarial. Existem, no entanto, aquelas profissões que em virtude de demandas pontuais de mercado passam a ser foco de busca em determinado momento. De maneira bastante dinâmica existe um vai e vem de profissões que sobem em determinado momento e descem em outros.

Os melhores salários do estado hoje estão para profissionais que ocupam cargos de gestão e cujo conhecimento não esta concentrado apenas em sua área de formação, mas, em áreas diversas que lhe permitem análises e sínteses mais eficientes e assertivas em relação às situações impostas pelo mercado. Essa diversidade de conhecimentos torna o profissional mais atraente para o mercado e desafia empresas a recompensá-lo cada vez melhor.

A área de Tecnologia da Informação hoje tem sido uma das mais requisitadas pelas soluções que podem proporcionar. Elas impactam diretamente na redução de custos e/ou agilidade em processos.

Percebemos que todo o movimento do mercado diz respeito à valorização profissional. Porém, essa valorização está diretamente ligada ao real valor que o colaborador tem e para tal é necessário ter clareza dessa potencialidade. Diferenças individuas são valorizadas e recompensadas de maneiras diferenciadas, muitas vezes, em cargos iguais.

A visão que o profissional tem que ter é que o investimento em sua qualificação tem que ser constante e cada vez mais. Não da para limitar investindo só em suas competências técnicas, talvez o seu verdadeiro valor esteja em suas competências comportamentais.

Conheça os serviços da Psico Store!

Ademais, continue acessando nosso blog diariamente.

Imagem: freepik

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *